quarta-feira, novembro 21, 2007

Encontro dos Entalados (bersão abismados)

Já estava a escrever este relato quando li o relato dos http://rochapodrepedradura.blogspot.com, o relato está muito completo e as fotos do Sir Miguel Grillo estão buénissimas, resta-nos os habituais pormenores da ensarilhada e promissores a ensarilhas.

Desta vez e para variar quem começou a ensarilhar não fomos nós mas sim a gráfica onde foram impressos os croquis. Mas tudo se resolveu e o próximo sarilho já foi nosso, encontrar a Espaços Naturais no Porto. Depois de umas voltinhas para cima e para baixo lá chegamos. Já fora da hora combinada seguimos rumo a Santa Luzia, chegamos
perto das 23 horas de sexta-feira dia 16 de Novembro de 2007. Passado pouco tempo chegaram os duros clássicos e não clássicos de Portugal.

Acampamos na albufeira e passamos uma noitinha quentinha e fofinha com o famoso “crash-pé” que usamos para as nossas rô-trips.

De manhã e bem cedinho juntamo-nos para tomar o pequeno-almoço, o frio fazia-se sentir, mas não perdemos tempo e fomos montar a mesa que receberia os clássicos sem futuro. A mesa estava completíssima, foi de facto uma organização super organizada.

Os clássicos começaram a chegar, as prendinhas ajudavam a esquecer o frio que se fazia sentir, o abismado mor não se fez rogado e lançou-se a inaugurar o encontro com o nosso velho amigo de cordada Zé Cogumelo. De seguida não pararam de chegar cordadas completas de munições para entalar nas fissuras, até os duros da desportex aqui se entalaram.

Depois de tudo inscrito ainda nos fizemos à parede, o abismado andava perdido nas profundezas da “Bela flor cimentada” e eu não me fiz de esquisita e fui escalar com a clássica dupla dura Roxo e Daniela.

A hora do jantar chegou mas ainda haviam cordadas na parede, para variar o ensarilha também lá estava acompanhado do FerMan, mas a ceita de ensarilhas tende a aumentar…havia lá mais malta eu não quero dizer quem mas… os simpaticíssimos Cardinal e Cláudia, Bruno “Fufinha” Gaspar e Nuno Pinheiro, Cogumelo e JP, Jorge e Queirós…

Já bem quentinhos no jantar houve muito tintol, discurso, prémio, fado… e muitas conversas entaladas…

Para o dia seguinte ficou a promessa de levantar cedo para escalar duas vias, a Carina uma estreante na clássica acompanhou-nos na via fetiche “Canto do Cuco”, onde mostrou ser uma menina valente. Depois fomos três meninas (Taia, Patrícia, Carina) à Aresta Rebeca, os jovens Simão e Sérgio andaram lá perto numa zona desconhecida e cruzaram connosco lá mais em cima quando a noite ameaçava e terminamos os 5 a ensarilhar largo com as cordas, as pedras, saltos nas crevasses…tudo à luz difusa do luar.

Tudo acaba bem quando começa bem.

Agradou-nos especialmente a sinergia que se criou para que este encontro fosse possível, os RPPD e a Fufinha estiveram muito bem e estão de parabéns e queremos que fiquem a saber que queremos mais iniciativas destas, e sempre que possível lá estaremos a ensarilhar o encontro.

A simpatia foi a chave e momentos como estes ficam para sempre.

Que o abismo esteja convosco.

PS1: Foi de facto memorável mas faltou-nos o nosso menino que muita falta nos fez o grande João “joni janeca” Teixinha Abismado, e se o encontro foi bom imaginem se este amigo lá estivesse.

PS2: Desculpem as fotos mas a minha máquina pirou com o frio e não consegui tirar mais fotos agradeço ainda à Carina que enviou as dela para que este post não fosse tão incompleto.

PS3: Deixo o e-mail para quem tiver fotos que queira enviar geral@cidadetipografica.com, se pretenderem algumas que esteja na nossa posse deixem e-mail nos coments.

































































4 Comments:

Blogger Daniela Teixeira said...

E ainda há algo que ficou por dizer, é que neste momento TODOS os croquis estão desactualizados!
À pois é!
Existem agora 31 e não 29 vias como na altura em que foram feitos os croquis.
A tal via que a Natália escalou comigo e com o Paulo, foi a 30, aberta no Sábado e chama-se "Via dos Entalados", a 31, foi aberta no Domingo pelo Sesa e ??? e chama-se???
Malta, como se chama?
Mandem lá esse croqui :)))))

Saudações Quartziticas e o nosso obrigado aos Abismados :)

Que a Rocha Podre...perdão...a Pedra Dura esteja convosco!

Daniela

12:08 da tarde  
Anonymous P.R. said...

Os verdadeiros Abismados Entalados!
Ele é de madrugada, ele é de noite (sem o frontal!).
Sem vocês, o encontro não seria o que foi (também acho que faltou lá o Teixinha, para escalar, comer e mandar uma bocas!).

Como diz a Daniela, mandem lá a info da nova via.

Beijos e abraços

Paulo Roxo

7:24 da tarde  
Anonymous Patrícia said...

Entalada, ensarilhada e abismada! São estes os adjectivos que me caracterizavam no domingo! De "lolot" em "lolot" acabamos a "aresta da Rebeca" já de noite, com um frontal para 5! Para quem se está a iniciar nestas andanças não foi fácil! O que me valeu foi a luz do frontal apontada aos olhos que me encandeava e não me deixava ver o abismo! É por essas e por outras que a via é para repetir... com menos ensarilhanços, é claro!!! De resto, parabéns à organização, estava tudo nos "conformis"! Natália, parabéns pela coragem, és uma gaja BALENTE! Carina, obrigada pela força, és uma gaja 5 *****!!!!

10:36 da tarde  
Anonymous menina valente said...

Este foi, definitivamente, o “melhor encontro de escalada do fim-de-semana”, e não foi só por ter sido o único...

De minha parte, foi porque alguns ensarilhas me ameaçaram de morte para me convencerem a ir...!
Bem, talvez não tenha sido assim tão dificil... talvez tenha sido mesmo eu a sugerir... e a convencer outros!! :)

Mas digam lá, valeu a pena, não??

Adorei a paisagem, o povo, as vias, as fissuras, o frio, os friends e, claro, os entalados!

Para todos vocês, muito obrigada por me deixarem acompanhar-vos nesta loucura, que ultrapassou largamente o fim-de-semana.

Talvez tenha mesmo um quê de classiqueira... quem sabe!

Para aqueles que decidiram ir para outras paragens sem se fazerem às vias... Duas palavrinhas para vocês: temos pena!

If you got the spirit, you rock...

Carina

9:50 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home