quinta-feira, fevereiro 17, 2011

Bichinhos Carpinteiros



Devido à pressão exercida por uma produtora em processo de insolvência, aceitamos documentar “Bichinhos Carpinteiros”.

A produtora “Companhia Productions” que antes se dedicava à ficção, quer dedicar-se hoje ao cinema documental e agarrar histórias perdidas. Contamos com um novo membro, não oficializado, depositando nele alguma esperança no que diz respeito ao contacto com o nosso interveniente.

A promessa é que este documentário esteja terminado aquando a noite durar o mesmo tempo que o dia, no instante em que o sol, em sua orbita aparente cruzar o plano do equador celeste, podendo ver o Manuel Carpinteiro a dar flash.

É um projecto low-budget, não aceitamos apoios financeiros, mas aceitamos géneros enquanto estivermos em campo.

Dentro de dias o trailler...

8 Comments:

Anonymous Anónimo said...

Isto promete...

Paulo Roxo

10:02 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Esperemos então pelo equinócio, porque “há histórias que não se devem, se devem documentar”.

MC

8:48 da manhã  
Blogger Nelson Cunha said...

Acho que já tive o prazer de privar com o Sr. A erdadeira stand up comedy. Dizia na altura que ali já tinha sido o mar e que as plaquetes eram para prender os barcos, entre muitas outras. Aguardo o relato!

1:51 da tarde  
Anonymous SM said...

Grande foto, Sou absoluto fã de grande Manuel Carpinteiro. Há muito que não o via ou tinha notícias dele, que bom ainda estar vivo e, aparentemente, de boa saúde. Aguardo pelo documentário ansiosamente. Espero, desculpem o atrevimento, que não o retratem no género das personagens da Liga dos Últimos, seria, para mim, uma grande desilusão, por trás das histórias mirabolantes, está uma pessoa com um percurso de trabalho e sofrimento muito fora do normal, que só nos pode fazer corar quando estamos ali entretidos numa actividade absolutamente irrelevante, aos olhos deles, de subir calhaus. É preciso ouvir as histórias “nas entrelinhas”, e acreditem que já ouvi muitas… e espero ouvir mais, nem que seja pelo documentário.
Abraços
SM

5:09 da tarde  
Blogger Bruno said...

Nem mais...

Abraços
Bruno Gaspar

5:47 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

ups! parece que ao citar alguém, esqueci-me de colocar a seguir ao primeiro "devem" a palavra perder.
Como se pode perder a palavra perder?

MC

10:25 da tarde  
Blogger taia said...

Não te preocupes deu para perceber na mesma.

Obrigado pelos comentários.

Em relação à Liga dos Últimos, concordo que o Sr. Manuel Carpinteiro tem mais para dar.

Queremos especializar-nos em malta com mais de 90...

Por acaso alguém sabe ao certo a idade do Sr. Manuel Carpiteiro.

Abraço
AB

12:12 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

Realmente!!! Ao tempo que não "via" O Manuel Carpinteiro. Que o sol se despache!!
Abraço
João Animado

4:25 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home