quarta-feira, julho 19, 2006

vale de cavalos


Ontem estava aquele tempo manhoso, meio tropical. Tipo 40º com cara de chuva, ar quente e cheiro a terra molhada. ceu escuro avermelhado... nem sei. Decidimos ir descobrir novas falésias, a Lena fez anos e merecia um passeio. Fomos a Vale de Cavalos explorar uma falésia que se via da estrada. Encontramp-nos com o teixa que levava o barbecas. Estacionadas as voituras metemo-nos a monte. primeiro caminho, depois não caminho, depois silvas, muitas silvas... comecei a abir caminho pelo meio das silvas com um pau, e zás acertei num ninho de vespas. Sorte que só uma me mordeu. Tá a fugir para tras, e ver de outro caminho. o céu estava cada vez mais ameaçador. Passados muitos trabalhos e picadelas estavamos em cima da falésia a espreitar para baixo. Começo a descer por ums fendas para ver se aquilo dava vias escalaveis e eis que os avisto. Eu não percebo nada de aves (só as de comida), mas eram umas corujas gigantescas, deviam ser uns bufos qualquer coisa 3, trés passaróes enormes com uns olhos laranja fogo. Levantaram voo quando sentiram a minha presença. As placas até que davam umas sete vias de aderência em quartzito, (e 2 ou 3 vias num tecto fissurado espectacular) Decidimos não equipar, os pardalecos estavam lá primeiro que nós. Começamso a ouvir o barulho de motoserras ao longe, a aproximarem-se, eram motas.. um barulho ensurdecedor, passaram num trilho do outro lado do valado de silvas - a 20 metros da falésia, os motores romcavam e a pedra tremia. iamos atirar pedras, mas eles já iam longe.
A Lena começa a dizer que tá fraca, que devia comer mais, que ia desmaiar. Deposi disse que deixou de ver, depois via fumo, depois deixou de ver outra vez... depois desfaleceu e ia desmaiar novamente.
O teixa olha para cima e vê relâmpagos, estava-se a formar trovoada mesmo por cima de nós, libertamo-nos de todo o metal e abrigamo-nos. Passado um cadinho acalma para de chuver e resolvemos voltar a casa, pelo caminho fizemos cabrismo. Jantamos os 4 lá em casa. e assim passou mais um dia, diferente...

1 Comments:

Blogger Peeeeeeeedraaaaaaaa!!!! said...

Pela ddescrição que fazes parecem ser Bufos Reais. São aves de uma beleza impar.

Parabens pelas aberturas!

Miguel Grillo

12:00 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home