terça-feira, janeiro 15, 2008

PILGRIMAGE ALENTEJANÃ





E se no Norte Alentejo, sim esse mesmo Alentejo das falésias de barro, esse mesmo Alentejo das penhas decompostas, esse Alentejo que não têm nada de valha a pena escalar (segundo dizem), mas e, se esse mesmo Alentejo para alem do calcário e do quartzito e tudo isto a menos de meia hora de casa, sem engarrafamentos, sem assaltos aos carros parqueados, sem esperar vez na via para escalar, também tivesse uma extensa zona de granito, de blocos a perder de vista ,quase sem problemas abertos?
Seria bom, não fosse esse dito spot, rodeado de uma espectacular paisagem de monólitos, emergindo de campos verdejantes, com umas vaquinhas a pastar no meio e umas galinhas a pairar sob um espectacular sol de Inverno.
Para nós valeu uma peregrinação ao local, ficam as fotos para abrir o apetite, algumas manipuladas, para proteger a identidade dos intervenientes.






11 Comments:

Blogger taia said...

E se nesse alentejo tivesse ainda pessoas espectaculares com quem passamos muito bons tempos.

Saudades do AlénTejo

1:00 da manhã  
Blogger Pena said...

Altamente, grande pinta!
Já agora partilha lá a localização de isso??
A uns tempos atras fui as zonas de Castelo de vide e de Nisa, curti a brava, mas axei q a rocha n era muito consistente. Como é que é por ai??é compacta? Come muita pele??

Abraço e força ai nas novas aberturas:D

2:52 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

Bom dia!
sitio com bom ar. continuem ai nas investidas!
parabens pelo blog!
gostava de falar com algum de voces, ha algum mail atravez do qual o possa fazer?
abraço e continuem.

7:13 da tarde  
Blogger RaStApRoD said...

Muito apetecivel!!!
tambem andei pelas zonas de Nisa e castelo branco e tambem por outras zonas alentejanas com o pena em busca de blocos.. Nao querem trocar localizações?
Abraço

8:51 da tarde  
Blogger teixas said...

Anonimo se quiseres podes usar o meu teixinha14@hotmail.com
Pena nao contes a ninguem ,mas aquilo não é bem no alentejo,mas é logo ali...
Quando houve a elaboração das fronteiras os espanhois arranjaram maneira de ficar com aquilo,deve ter sido um negocio tipo Ota mas de outros tempos !
Fica logo depois da fronteira de Puerto Roque,andas uns 3km,um cruzamento á direita junto a um bar, devem ser mais 2 km ate ao parque de campismo,depois é evidente.Aproveitas e atestas o carro pq ainda sao menos uns 0.20€ p litro.
Não espantem as galinhas

10:32 da tarde  
Anonymous Zé Cogumelo said...

Essa história de manipular fotos para preservar a identidade do pessoal não tá com nada!
Como se a malta não topasse os crocodilos pseudoalentejanos a léguas...
Abraço

11:27 da manhã  
Anonymous Macau said...

O alto tem muito boa pinta! Qtas linhas dá? Já havia alguma coisa aberta?

1:45 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Apareçam malta são sempre bem vindos! Para além da escalada (com "muito boa pinta") a gastronomia é optima!
Abraço

Bruno Gaspar

5:28 da tarde  
Blogger teixas said...

Macau ,o alto para mim não têm nenhuma...mas para quem escala têm para já 2 possiveis não encadeadas.
Mas a zona é muito extensa e no meio de tantas coisa certamente vais encontar boas linhas,não te posso garantir que irás encontrar o paraiso,mas é um fim de semana diferente.

11:43 da tarde  
Anonymous Macau said...

Ok, fica a dica e mais um lugar a visitar em breve! Abr,

1:27 da tarde  
Blogger sesa said...

Essa cena de andar a trepar pedrinhas no Sul, depois de um gajo mudar-se para (quase)cima do Marão é uma beca feio.

Enquanto havitava por ai era só cimeiras e tal... agora até Boulder fazem...

Quando aí for de revisita quero: cimeira, pedrinhas, barro, silvado, galinhas, pedras voadoras e demais merdinhas.

Abraço

4:22 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home