quarta-feira, abril 02, 2008

La Albujea "pasto de cabras" 250 mts IV+



La Albujea situa-se no maciço oriental de Gredos perto de Cuevas del valle.
Rescrevendo o “no hay chapas” aqui ficam 20 razões para não escalar na zona.

Não se pode ir de carro até à parede
Não há telecadeiras
Não há refugio
Não há agua
Não há livro de croquis
Não há a quem pedir informação das vias
Não há a quem pedir tabaco
Não há primeira chapa
Não há segunda chapa
Não há terceira chapa
Não há duas chapas com argola a indicar onde é a reunião
Não há pitons ou fitas a indicar onde é a reunião
Não há muitos sitio para meter friends
Não há buracos como no calcário
Não há muitos sítios onde meter entaladores
Não há mariolas a indicar o destrepe
Não há onde comprar cerveja
Há tanta cagada de cabra que cheira a curral
As cabras também dormem no bivaque
É preciso carregar muito material ate lá
É preciso traze-lo de volta






8 Comments:

Blogger cc said...

20 Razões Para Escalar Em La Albujea


A aproximação é curta.

A paisagem é fantastica.

Há vários bivaques disponiveis.

Há um bivaque na base das vias.

O bivaque é muito acolhedor.

O bivaque tem lareira no interior.

O bivaque tem das melhores vistas da região.

O EL Torozo e o seu Cumbre Norte são mesmo ali ao lado.

O ambiente nas vias é assustador.

O granito é da melhor qualidade.

Quaisquer pés de gato foleiros têm aderência.

Os poucos gratons que se encontram... são mesmo bons!

Eventualmente, uma ou outra via pode estar bem equipada.

Não há muita rocha podre. Porem a que há pode ser fundamental.

Algumas reuniões estão equipadas com fitas ou cordas... ainda que rotas e em arbustos!

Um III+ sabe a 6a.

O tope da via é mesmo no cume.

O destrepe é sempre a descer.

Nunca se faz duas vezes a mesma via, quem vai a abrir acaba sempre por se perder algures.

O bife com batatas fritas e dois ovos sabe muito melhor depois de dois dias no local!

11:30 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

20 razões para efectivamente escalar nesse local!!!:

Não se pode ir de carro até à parede
Não há telecadeiras
Não há refugio
Não há agua
Não há livro de croquis
Não há a quem pedir informação das vias
Não há a quem pedir tabaco
Não há primeira chapa
Não há segunda chapa
Não há terceira chapa
Não há duas chapas com argola a indicar onde é a reunião
Não há pitons ou fitas a indicar onde é a reunião
Não há muitos sitio para meter friends
Não há buracos como no calcário
Não há muitos sítios onde meter entaladores
Não há mariolas a indicar o destrepe
Não há onde comprar cerveja
Há tanta cagada de cabra que cheira a curral
As cabras também dormem no bivaque
É preciso carregar muito material ate lá
É preciso traze-lo de volta

Paulo Roxo

4:55 da tarde  
Anonymous FPereira said...

Queria só chamar a atenção que o comentador anterior a mim acabou de aprovar publicamente a intimidade com cabras no bivaque =)

Se bem percebi, vocês abriram esta via?! Parabéns pelo gozo que lhe deve ter dado. O torozo é pedaço de penhasco muito apelativo.

1:22 da tarde  
Anonymous FPereira said...

Torozo e ALBUJEA! óstia!
ostioporose!

1:24 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

...é que as ovelhinhas tem uns olhinhos tão bonitos...

Muitos parabéns pela via!!!!

Paulo Roxo

4:34 da tarde  
Blogger teixas said...

A via não foi aberta por nos , foi apenas repetida
Quando muito é possivel que um largo da via tenha sido aberto por nos (um largo em que estivemos perdidos na parede ,a ensarilhar para não deixar os creditos em mãos alheias)
A via pela escassa informação que existe foi das primeiras a ser escalada em La Albujea,apenas encontrámos um piton enferrujado e cordinos "rotos" caidos no chão que a avaliar pela cor já la devem estar ha um bom par de anos.
Creio que pelas caractristicas de La albujea esta seja quiça uma das unicas possiveis de fazer a meter material(fora do estilo suicida)porque toda a parede é uma placa com poucas fissuras e sem ligação entre elas.
Existem algumas vias de desportiva , aderencia pura em micro gratons ,mas para encontrar estas vias convem levar binoculos para ver onde fica a primeira chapa.
Quanto ao ambiente:na 6a feira a tarde fizémos uma dessas vias com cerca de 150 mts,3 largos ,o primeiro com 50 mts -8 chapas incluido a reuniao,o 2º 50 mts 6 chapas incluindo a reunião,ainda levei material na esperança de encontar algum sitio onde o meter,mas nada...
Escusado será dizer que até nos doía o esfincter.

Já agora aproveito para esclarecer os mais urbanos que se tratam de cabras e não de ovelhas.

Abraços a todos

6:31 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

é lindo poder vir aqui acompanhar as vossas incursões no meio selvagem, na pedra crua.. Um bem haja pelos bons momentos na aldeia/cidade (Portalegre), na casa (62) e na serra :) havemos de nos encotrar na "urbe" um desses dias..

Abraço
miguel

11:56 da manhã  
Blogger natalia said...

Boas Miguel Cochofel, grande amigo do abismo. Aparece pela zona norte teremos muito gosto em receber-te. Bons tempos em Portalegre na nossa mítica Rep 357... e os trabalhos da escola até as tantas da noite...xiiiii velhos tempos.

Abraço grande dos abismados

1:29 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home